Arquivo | 06/08/2010

Casa em que Michael Jackson morreu está à venda


Casa em que Michael Jackson morreu está à venda

A mansão de Holmby Hills, com 1,26 hectares de terreno, onde o pop star morreu por intoxicação aguda de propofol em junho de 2009, está no mercado por US$ 29 milhões.

O Rei do Pop morava na vasta propriedade de Bel Air, Los Angeles, pagando um aluguel de US$ 100 mil por mês, Com Jackson moravam seus três filhos, Prince Michael, 13, Paris, 12, e Prince Michael II, 8, também conhecido como Blanket, enquanto o astro pop ensaiava para os shows This Is It em Londres.

Os  US$ 29 milhões pedidos representam uma redução significativa do preço original de quando a casa foi posta à venda em 2008, antes de morte de Michael, portanto. Na época, o proprietário Hubert Guez – que é diretor-executivo da marca ED Hardy – pedia US$ 38 milhões pela casa.

A propriedade em estilo castelo francês possui sete quartos e 13 banheiros, bem como um ginásio, sala de triagem, spa, garagem para sete carros e uma adega completa, com sala de degustação.

-=–= O Fuxico =–=-

Anúncios