Arquivo | janeiro 2011

Fãs Sneaky negada a entrada no MJ’s Tomb


TMZ aprendeu duas conivente Michael Jackson fãs tentaram scam seu caminho para o Rei do Pop é lugar de descanso, esta semana, mas seu plano foi frustrado quando a segurança disse-lhes para vencê-lo.

 

0624_jackson_moseluem_2

Segundo fontes, logo após o Dr. Conrad Murray é audiência na terça-feira , vários torcedores fanáticos desceu sobre Forest Lawn para pagar seus respeitos ao MJ -, mas duas mulheres, em particular levou-a para o próximo nível.

Estamos informados que tocou a campainha fora do mausoléu repetidamente até que um guarda de segurança responderam, que disse que eles não eram permitidos no túmulo do MJ.

Segundo fontes, disseram segurança que eles não estavam lá para Michael, mas para o famoso guru Yogananda – que não tem restrições sobre quem ele permite que no interior. Segurança não comprou o seu conto e logo lhes disse para sair.

Um representante da Forest Lawn nos diz: “As duas mulheres não foram expulsos do parque, mas eles não foram autorizados a entrar no mausoléu e pediu para deixar essa parte do parque.”

 

” TMZ “

Anúncios

Confira algumas curiosidades e mais sobre o episódio “Silly Love Songs” de Glee, onde eles viram zumbis


O próximo episódio de Glee promete, será logo após o Super Bowl uma das horas mais caras da TV americana e de maior audiência, eles voltam no dia 6 de fevereiro para terminar a segunda temporada da série com um episódio especial. A equipe “New Directions” realizará um mashup da música “Thriller” de Michael Jackson com “Heads Will Roll” do Yeah Yeah Yeahs. As Cheerios farão o número da música “California Girls” da Katy Perry.


Quando os atletas da escola decidem atacar, Artie vai ter mais que apenas um rosto cheio de raspadinha durante o episódio do Super Bowl. Revoltado com a forma que os atletas tratam seus cantores, Will e a treinadora do time de futebol Bieste irão elaborar um plano para fazer as pazes entre o clube e a equipe de futebol.


CURIOSIDADE: O número da música “Thriller” era tão complicado tão perigoso, que duas ambulâncias estavam de prontidão durante as filmagens. “Estou tão surpreso por não haver vítimas nesse episódio”, disse Chris Colfer.

Artie irá liderar a equipe “New Directions” junto com o time de futebol para o mashup mais esperado, o da música de Michael Jackson “Thriller”.

O criador da série Ryan Murphy disse que o episódio após o Super Bowl não é apenas sobre a criação de um grande espetáculo. “É uma sensação semelhante à do piloto”, afirma Ryan.


Enquanto isso, os Cheerios estarão se preparando para a eliminatória nacional, onde eles estão planejando para executar um número da Katy Perry “California Girls”. No entanto, quando Sue da às garotas o ultimato as meninas saem para se apresentar com a equipe do Glee Club.

Confira as fotos e o promo do episódio:


A diva da “New Directions” Rachel junto com Artie conduzindo a equipe no número d e”Thriller”. Ela também fará um dueto com Puck no episódio.

 

 

Fonte:   jornalespalhafato.com

Enlatados em Série: A volta de “Glee”, mudanças em “The Office” e mais!


 

O episódio de reestreia de “Glee” promete fazer muito barulho no dia 6 de fevereiro, após o Super Bowl, nos Estados Unidos.

Intitulado “Thriller”, o especial já promete ser o maior da história da série. Em entrevista para o site “E!”, Darren Criss, o Blaine, contou que os fãs podem esperar fortes emoções.

 

Reprodução

 

Reprodução

“Os primeiros dez minutos virão com uma extravagância de sinos, assovios e explosões, além de mil outras coisas! Teremos muitos números legais e vamos nos divertir muito!”, declarou o ator.

Além da homenagem ao rei do pop, Michael Jackson, os atores prometeram uma performance de “California Gurls”, de Katy Perry.

 

Fonte: msn entretenimento

Laje assinada por Michael Jackson vai a leilão


Uma laje de concreto de 170 quilos com as impressões da mão e do pé de Michael Jackson junto com sua assinatura será leiloada em Los Angeles no próximo mês, disse uma casa de leilões.

O item é conhecido como “Broken Heart Stone” (pedra de coração partido), disse a casa de leilões Nate D. Sanders, porque a rachadura na superfície atravessa o desenho de coração dentro da impressão da palma esquerda de Michael Jackson.

O leilão, que será realizado online no site http://www.natedsanders.com, será encerrado no dia 15 de fevereiro.

A laje é datada em 1984, quando Jackson fez a impressão para um projeto para a Calçada da Fama de Las Vegas que nunca foi concretizado. Foi descoberto no porão do Hotel Riviera em 2006 e sorteado para um hóspede, que por sua vez, vendeu o item por um valor não divulgado ao seu atual dono em 2009.

Por coincidência, o consignador, Andy Wilson de Santa Maria, na Califórnia, era um conhecido de Jackson’s, e comprou a laje com a aprovação do astro.

Sanders disse à Reuters na quarta-feira que a laje poderia ser vendida por mais de 100 mil dólares. Sua empresa leiloou no mês passado outro ítem peculiar, o caixão apodrecido do suposto assassino de John F. Kennedy, Lee Harvey Oswald, por mais de 87 mil dólares.

 

 

Médico Conrad Murray diz que o cantor exigiu que este lhe administrasse propofol ou cancelaria os espectáculos «This Is It»


 

Michael Jackson ameaçou cancelar os concertos que tinha agendados em Londres caso o seu médico, Conrad Murray, não lhe administrasse propofol para o ajudar a adormecer.

Segundo a BBC News, este foi o depoimento de Murray quando interrogado pela primeira vez sobre a morte do cantor e agora revelado em mais uma audiência preliminar que determinará se o médico de Michael Jackson deverá ir a julgamento.

Na versão de Conrad Murray, Jackson disse-lhe repetidamente que cancelaria os concertos «This It It» se não conseguisse adormecer, pedindo-lhe «leite», a expressão usada pelo cantor quando se referia ao anestésico propofol.

Murray admitiu que deu propofol à estrela da pop seis vezes por semana durante dois meses, mas que estava a tentar diminuir as doses, receando que Michael Jackson estivesse a ficar dependente da droga.

Na sessão preliminar de segunda-feira foi revelado ainda que, na noite da morte do cantor, Murray administrou-lhe também lorazepam, midazolam e valium na tentativa de o ajudar a adormecer.

Murray defende que não chamou os paramédicos assim que percebeu que Jackson não estava a respirar porque não queria deixar de prestar assistência ao seu paciente.

O médico só ligou para o número de emergência uma hora e 21 minutos mais tarde, às 12h21, mas os registos telefónicos apresentados pela acusação mostram que Murray fez uma série de chamadas entre as 11h00 e o meio-dia.

Conrad Murray é acusado de morte por negligência, por ter administrado propofol ao cantor, e poderá ser condenado a quatro anos de prisão. O médico declarou-se inocente e o tribunal de Los Angeles decidirá agora se há motivos suficientes para levar o caso a julgamento.

 

Fonte: tvi24

Michael Jackson: julgamento de Conrad Murray já tem data marcada


O julgamento de Conrad Murray, médico acusado da morte de Michael Jackson, vai começar no dia 28 de Março, em Los Angeles, noticia a BBC News.

Murray diz ser «um homem inocente» e o seu advogado declarou que «ele está desejoso de poder contar a sua versão da história». Os juízes ainda não decidiram se vão permitir a cobertura televisiva dentro do tribunal durante um julgamento que deverá durar seis semanas.

Na audiências preliminares realizadas este mês, várias testemunhas afirmaram que Conrad Murray tentou esconder o facto que administrava propofol a Michael Jackson, o analgésico que provocou a morte do cantor.

A defesa do médico alega que a acusação não foi capaz de provar adequadamente que Murray esteve ligado à overdose que matou Jackson, insistindo que foi o estado de saúde débil da estrela da pop que levou à sua morte.

Conrad Murray está acusado de homicídio involuntário e, se condenado, poderá ter de cumprir uma pena de quatro anos de prisão.

Fonte: tvi24