Arquivos

::: Julgamento de Dr. Conrad Murray & comunicado !! :::


:::  Para saber sobre o julgamento do médico Conrad Murray, acesse:  http://91312815mj.wordpress.com/  :::

 

  Peço desculpas a falta de postagens e a falta de atenção ao Blog !!  Por motivos pessoais, raramente apareço aqui, mas sempre estarei passando aqui para ver o que esta rolando …  ‘ 

Agradeço de coração a quem visita e participa do Site, quero que saibam que fico muuito FELIZ por ver que o blog não esta abandonado, e que sim, esta cheio de gente que tem amor e dedicação ao nosso REI ” Michael Jackson ” … 

Temos muito o que ver  ainda, temos muitas pistas para descobrir, temos muitas dúvidas que vamos ter que tentar achar as respostas, temos muuita coisa pela frente ainda  !!  :::   beLIEve   :::

 

Mil beijos a todos &  mais uma vez ,  obrigada pela atenção e colaboração de todos …  

 

Anúncios

“Morte” de Michael Jackson completa dois anos


Ídolo mundial Pop Star da música deixou uma biografia que mostra personalidade amada e odiada no mundo familiar e público

Especial: 2 anos sem Michael Jackson

 

FAMOSIDADES

SÃO PAULO – Era uma tarde de quinta-feira, aparentemente normal, quando o mundo todo recebeu a notícia inacreditável: Michael Jackson havia falecido. No calendário, 25 de junho de 2009. Aquela data, sem dúvidas, ficaria marcada para sempre na história da música e também na vida de milhares, ou até mesmo de milhões de fãs que acompanharam a carreira do cantor.

Ele tinha a saúde frágil, um histórico de gastos excessivos e ainda acabou se envolvendo em um suposto caso de pedofilia, mesmo que este último tenha sido desmentido depois. Independentemente disso, entretanto, o “Rei do Pop” sempre foi um grande artista e ninguém ousaria dizer o contrário.

Só que, naquele momento de tamanha comoção, e com muitas dúvidas pairando no ar, tudo o que se queria entender era: Como assim? Michael Jackson morreu mesmo?

A primeira reação que se teve foi acessar a internet, para buscar mais informações sobre o tão comentado assunto. E, após um congestionamento quase surreal nos tráfegos da web, o que se soube foi que o cantor havia sofrido uma parada cardíaca, foi levado às pressas para o hospital UCLA Medical Center, em Los Angeles, e já chegou ao local sem respirar e em estado de coma.

A confirmação do falecimento, no entanto, só ocorreu através de Fred Corral, porta-voz do Instituto Médico Legal da cidade californiana, que concedeu uma entrevista à rede de TV CNN, por volta das 20h30 daquele fatídico dia.

Divulgação

Michael Jackson provou o gosto do sucesso absoluto, mas não deixou de enfrentar um período de evidente decadência. Disposto a dar a volta por cima, ele estava pronto para estrear sua nova turnê, “This Is It”, a qual prometia ser um marco em toda a sua trajetória como ídolo mundial da música pop.

Ao anunciar dez shows na Grã-Bretanha, com a ressalva de que seriam os últimos de sua vida, o cantor teve a certeza de que nunca caiu no anonimato.

Foram várias linhas congestionadas, durante as vendas por telefone, além de picos de 200 mil pessoas tentando comprar os ingressos, simultaneamente, via online. Quanto ao esquema para clientes preferenciais, já se estimava um total de 360 mil ingressos adquiridos.

Com a previsão de início para 8 de julho de 2009, os organizadores decidiram realizar mais 40 apresentações, estendendo a turnê até fevereiro de 2010.

O total de ingressos colocados à venda não foi divulgado, mas levantamentos apontaram que cerca de 33 bilhetes foram vendidos por minuto, o que poderia consagrar “This Is It” como a turnê mais rápida, na história do showbiz, a ter sua lotação esgotada.

Divulgação

Números marcantes

Os incríveis números revelados, com o anúncio da turnê “This Is It”, não foram surpresa alguma para quem teve a vida repleta de outras quantidades muito significativas. Abaixo, o Famosidades destacou não só os números que garantiram o sucesso, mas também aqueles que surgiram a partir da extravagância de Michael Jackson.

Carreira, publicidade e filantropia:

– Em 1989, o cantor ganhou mais de R$ 200 milhões, garantindo um espaço no “Guinness World Records” como o artista mais bem pago em um único ano, naquela época;

– O cantor atingiu o auge de sua trajetória musical, em 1990, quando assinou um contrato de exclusividade com a Sony Music. O saldo? Quase R$ 2 bilhões e 750 milhões de álbuns vendidos em toda a sua carreira;

– O astro conquistou nada menos do que 13 prêmios Grammy, o que foi recorde absoluto. Sem contar que ele ainda recebeu 23 prêmios da American Music Awards, o recorde do evento;

– “Thriller” ficou conhecido como o álbum mais vendido da história, cujo total de cópias foi de 100 milhões. Com isso, ele emplacou por 37 semanas nas paradas da Billboard americana;

– Além de “Thriller”, outros quatro álbuns ficaram entre os mais vendidos do mundo: “Off The Wall”, “Bad”, “Dangerous” e “History”;

– Por 25 anos, mais especificamente entre 1972 e 1997, Michael garantiu 20 músicas no top 1 das mais tocadas, nos Estados Unidos e na Inglaterra. O que ajudou o ídolo foi o lançamento de “Moonwalk”, em 1983;

– Os números marcaram a vida do cantor também na publicidade e nas ações filantrópicas. Ele recebeu quase R$ 20 milhões para protagonizar quatro comerciais da Pepsi; e arrecadou R$ 102 milhões com a música “We Are The World”, de sua autoria e de Lionel Ritchie, para a luta contra a fome na Etiópia.

Extravagâncias e polêmicas:

– Michael Jackson também ficou famoso por não conseguir controlar os seus gastos. Até o dia em que morreu, ele acumulou uma dívida de R$ 800 milhões;

– Com suas músicas bombando e o sucesso nas vendas de álbuns, o “Rei do Pop” se deu ao luxo de pagar R$ 160 mil pelo aluguel da mansão em Bel Air, em Los Angeles;

– E os gastos ainda não acabaram. Foram R$ 27 milhões pagos, em 1987, pelo rancho Neverland. Além disso, mais R$ 56 milhões se destinaram à construção de um zoológico e um parque de diversões, no local;

– Para a divulgação do álbum “History”, Michael Jackson desembolsou a incrível quantia de R$ 48 milhões;

– Já para a produção do videoclipe de “Scream”, o valor ficou em torno de R$ 11 milhões. Até 2006, ele havia sido considerado o maior do mundo pelo “Guinness World Records”;

– Com um valor mais baixo, porém ainda significativo, o videoclipe de “Thriller” custou R$ 960 mil, considerado muito alto para a época;

– Por fim, o escândalo sobre pedofilia deixou Michael Jackson com um prejuízo de R$ 8 milhões. Pelo menos este foi o valor divulgado pela companhia de seguros, que acordou confidencialidade com o pai de umas das duas crianças que acusaram o cantor de abuso sexual.

Divulgação

Morte lucrativa?

Pode parecer sádico, mas a morte nem sempre é ruim para alguns. Principalmente, é claro, se for considerada a questão financeira. O falecimento repentino de Michael Jackson representou a sua saída da falência. Isso porque os fãs passaram a buscar mais pelos produtos relacionados ao cantor.

De acordo com dados divulgados pela revista “Forbes”, no ano passado, houve um faturamento póstumo de R$ 440 milhões, mais do que a soma de outras 12 personalidades da lista. No total, segundo a revista “Billboard”, o lucro foi de R$ 1,6 bilhão desde que ele morreu. Em contrapartida, vale dizer que o “Rei do Pop” nunca esteve entre as 100 celebridades mais ricas, enquanto ainda estava vivo.

E os “frutos” colhidos não pararam por aí. Veja só:

– O contrato assinado pelos representantes do espólio de Michael Jackson, com o Cirque Du Soleil – que vai criar um espetáculo em homenagem ao ídolo –, foi de R$ 320 milhões;

– Já com a Sony Music, ficou acertado o valor de R$ 400 milhões para a gravadora continuar com os direitos de relançar os reconhecidos sucessos do cantor, além de levar a público as músicas inéditas. A propósito, “Michael” foi o primeiro álbum póstumo lançado e, na primeira semana, teve 228 mil cópias vendidas, das 400 mil esperadas pela Sony. De qualquer forma, tudo indica que mais dez álbuns devem ser lançados até 2017;

– O filme “This Is It”, que mostra os últimos ensaios do astro, arrecadou R$ 800 milhões em bilheterias do mundo inteiro, logo no primeiro dia de exibição;

– A jaqueta usada por Michael Jackson, no videoclipe “Thriller”, vai a leilão no final deste mês. Com a famosa peça vermelha e preta, espera-se uma arrecadação de pelo menos R$ 320 mil. Isso porque o artista chegou a autografar a roupa, que foi dada de presente aos estilistas Dennis Tompkins e Michael Bush. Além deste, outros objetos serão leiloados: a peruca que ele usou, ao anunciar a turnê “This Is It”, a camiseta usada no videoclipe “Scream” e a campainha da mansão de Carolwood Drive, onde Michael Jackson morreu;

– Finalmente, vale dizer que o cantor vai ser homenageado com a criação de uma linha de perfumes, sob o patrocínio de Joe, seu pai. “Jackson’s Tribute” será a versão masculina, enquanto “Jackson’s Legend” será a versão feminina. Os aromas terão a inspiração vinda das plantas do rancho Neverland.

Pois é. Fosse vivo ou seja morto, o fato é que Michael Jackson deixou muitas saudades e marcou com classe a sua trajetória na história da música pop mundial.

 

_Fonte: Correio do Povo__

Juiz do caso Michael Jackson tem dificuldades em escolher jurados


Michael Jackson não para de virar notícia, nem morto. O juiz do caso, Michael Pastor, começou a fazer o processo para a escolha dos jurados do julgamento do caso da morte do cantor, mas a tarefa não está nada fácil.

Apesar de serem apenas 12 jurados, além de seis reservas, o juiz já rejeitou mais de 200 pessoas entrevistadas, pelo fato de saberem demais e terem muitas informações sobre o caso, o que colabora para não serem imparciais.

Michael Pastor espera que pelo menos até o dia 9 de maio, data do julgamento, tenha os 12 jurados do caso para decidir se o Dr. Conrad Murray, que tratou do rei do Pop durante alguns anos, é o principal responsável por sua morte.

Se for confirmado que Conrad Murray matou Michael Jackson, o médico deverá passar quatro anos atrás das grades. Porém, seus advogados já preparam uma nova defesa, dizendo que os médicos anteriores a ele teriam alimentado o vício do rei do Pop nos remédios.

 

Fonte: O fuxico

 

Novo vídeo de Michael Jackson prestes a sair


O vídeo para o mais recente single de Michael Jackson está a ser filmado em Los Angeles. “Hollywood Tonight” é o segundo single a ser retirado de “Michael”, álbum póstumo do cantor.

O vídeo está a ser gravado em Los Angeles e inclui uma dançarina cuja aparência é inspirada pelo cantor. Segundo o TMZ, há mais 60 dançarinos a interpretar uma coreografia inspirada em Jackson.

“Michael” foi editado o ano passado e inclui uma série de temas completados depois da morte do cantor, a 15 de Junho de 2009.

 

— Fonte: myway

O álbum póstumo dele, Michael Jackson, para nós, os coveiros?????


“Monstro. Ele é um monstro. Ele é um animal.” Quem cospe essas palavras em forma de refrão musical, falando “ele é” como quem falasse “eu sou”, é um morto: Michael Jackson. Como era líquido, certo e inevitável (inevitável?), a Sony Music e o espólio do artista deram de presente ao mundo no Natal passado um disco “novo” do fantasma mais célebre do planeta. E, mesmo morto, o artista norte-americano não economizou versos para falar de como se sentia por dentro, pelo menos não nessa que é a faixa mais eloquente do álbum póstumo Michael.
“Por que eles nunca estão satisfeitos com você e com o que você oferece?/ você dá tudo a eles/ e eles ficam vendo você cair”, continua Monster, naquela confusão de pronomes “eu”, “ele”, “ela”, “você”, “eles” que constituiu a identidade de MJ pelos últimos muitos anos, talvez durante toda a vida dELE. “Para qualquer lado que você se vire há um monstro/ quando olha para cima você vê um monstro/ os paparazzi deixam você assustado como um monstro”, canta, de modo a nos confundir: o monstro é o paparazzi, algum “ele” à espreita, “você” (ou seja, nós) , ou ELE, Michael Jackson, em pessoa? Quem somos o monstro?

Divulgação

Capa do álbum póstumo Michael, de Michael Jackson

Fonte: http://operamundi.uol.com.br

 

Vem à tona as fotos incríveis das filmagens de ‘Thriller’ de Michael Jackson


O Rei do Pop nunca ficava zangado, ele estava muito apaixonado por sua co-estrela e segurança era uma cobra em seu colo. O único fotógrafo presente na conclusão da melhor vídeo de música nunca, publica e discute os instantâneos mítico. ‘Rolling Stone’ On

Salen a la luz las increíbles fotos del rodaje de 'Thriller', de Michael Jackson

Bem caracterizado de Thriller de Michael Jackson.

Por 17 anos o fotógrafo Douglas Kirkland teve acesso exclusivo aos videoclipes do famoso Michael Jackson“Thriller”, o melhor de sempre, segundo muitos especialistas. Foi o único fotógrafo presente. Mas esperei a morte de Jackson em junho de 2009, a partilhar a riqueza deste material (originalmente filmado para a revista Life). A fotografia Thriller tiro só veio à luz no livro The Making of ‘Thriller ‘/ 4 days/1983 (24 euros).  Kirkland pediu sua fotos favoritas eo que elas revelam sobre o cantor.

0001_book_cover_480

Capa da The Making of Thriller / 4 days/1983.


0014_drinking_640

Kirkland: “Ele gastou muitas horas de maquiagem na transformação de Michael sente. Durante esse tempo, ele estava muito relaxado, até mesmo quando ele poderia não em movimento. Eu só podia beber água com facilidade uma palha. Nestas circunstâncias, era impossível mas eu nunca vi ninguém mais paciente e calmo em uma situação estressante. ”

0029_thriller_theatre_640

Kirkland: “Michael escolheu John Landis para dirigir Thriller, porque ele tinha escrito e dirigido Um Lobisomem Americano em Londres. A Landis estava entusiasmado com a proposta. Ambos foram muito bons, e ele mostrou no teste do conjunto. Esta foto pertence , portanto, foram distendidos]. Michael gostava muito de Ola Ray [na foto com Jackson: a atriz que estrelou a história com o rei do pop, ela era muito fascinado por ele. Ele é visto claramente. Mas ela gostava dele Eu estava no amor. No entanto, em relação a Michael, Ola era como uma irmã. ”

0046_mask_640

Kirkland: Aqui estamos fazendo o primeiro de uma parte do total que máscara é na foto a beber por uma palhinha. “Eles usaram cola para colocar os tubos que permitem a entrada de ar no interior da máscara, assim que Michael poderia jogar com suas expressões faciais. ”

0056_inthechair_640

Kirkland: No segundo dia da terceira ou de tiro, alguém trouxe um saco para o clube, e ela deixou a cobra com Michael, Músculos. “Michael era o riso veio quando ele viu que havia pessoas que estavam com medo suficiente para serpente. Gostava de colocá-lo em sua volta (como nesta foto), o fazia se sentir segura. Ele ficou tão feliz quando ele estava com os músculos! “.

0072_painting_mask_640

Kirkland: “Michael tinha que pegar um par de máscaras diferentes e mais. Rick Baker, a composição do artista, resolveu que a maior parte disso foi o do gato não o lobo, porque o cantor por causa de suas maçãs do rosto pronunciadas, parecia muito um gato do que um lobisomem. Desta forma, tudo seria mais realista. ”

0106_woods_640

Kirkland: “Aqui John Landis está montando cena com Michael outdoors. Todas as ações do tiroteio foram muito completo, como foi feito na noite e”.

0153_monitors_640

Kirkland: “Depois de Michael fixou a data de lançamento do vídeo, realizou uma série de horror-zumbi festas temáticas. E então eu vi Michael que partilha características com alguns personagens de horror na literatura,incluindo o”.

0172_peeling_640

Kirkland: “No final de cada dia de trabalho de 12 horas cada, Michael tirar a maquiagem tem. Foi muito doloroso,quase como um emplastro puxando a pele irritada. E isso é o que mais me espanta sobre Michael,nunca ou quando estiver cansado ou quando ele sentiu a dor e você poderia ver em seu rosto. Nunca foi rude com ninguém e nunca o ouvi gritar. ”

Suspense A história não termina aqui. Kenny Ortega, diretor do filme (é isso) e um amigo de Jackson, está a preparar uma longa-metragem em 3D, inspirado no vídeo da música. Ou oportunismo ou um tributo futurista, este conto sinistra de zumbis e híbridos de lobos e gatos não param para conversar e passar mil anos ou mais.

 

Aqui está o vídeo Thriller :


Fonte: ” Rollingstone “

Foz do Iguaçu recebe o primeiro grande tributo a Michael Jackson


Serão quatro dias de evento com estimativa de agregar mais de 150 mil fãs do Ícone Pop

O responsável pela organização é o Iguassu Music Festival, esta será a primeira edição do festival, cujo foco é homenagear Michael Jackson. As atividades acontecem em fevereiro no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu. Será o primeiro evento a contar com a presença da família Jackson no Brasil. Além dos parentes de Jackson, outros astros nacionais e internacionais já confirmaram presença, entre eles estão Ex.Snap, Raye Anita, Latoya Jackson, Olodum, Marina Elali, BEBE – cantora japonesa. Estarão presentes também atores e apresentadores de TV brasileiros e japoneses.
Foz do Iguaçu será a primeira cidade a receber o Festival que segue depois para São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Japão. Além de shows com o cover de Michael Jackson e celebridades, a atividade envolve workshops, palestras, exposições de materiais exclusivos, parque de diversão e uma grandiosa estrutura de palco projetada especialmente para a ocasião. Os coreógrafos responsáveis por ministrar os workshops são: This is It e Travis Payne. As palestras ficam por conta do advogado da família Jackson, Brian Oxman. Segundo Rosimiro Armânico, representante brasileiro da Família Jackson, os fãs poderão sentir uma certa aproximação com o ídolo através dos objetos exclusivos que serão expostos.

Foto: Divulgação
Layout do palco principal do evento

A mãe de Michael Jackson, Katharine Jackson, irá lançar seu livro de fotografias “Never Can Say goodbay” – Nunca poderei dizer tchau – inédito no Brasil. O amigo pessoal de Michael, Leonard Rowe, publicou recentemente o polêmico livro “O Que Realmente Aconteceu a Michael Jackson” e já confirmou presença no evento.
Segundo Alcyr Costa Almeida, idealizador do festival, o que chamou a atenção da organização para trazer o evento a Foz do Iguaçu foram as belezas naturais da cidade. Ele acredita que atividades como esta devem atrair olhares da mídia nacional e internacional e também fomentar o turismo na região. Os patrocinadores são uma TV japonesa com exclusividade para fazer a transmissão internacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.
Outro grande atrativo do evento será a pré-inauguração da Fundação da Família Jackson na cidade. Foz será a sede da Fundação que já está com o projeto estrutural pronto e em breve deve ser construído. Segundo Almeida a sede não estará pronta até o festival porque falta organizar alguns detalhes da estrutura física e documentação, mas é certo que Foz do Iguaçu terá mais este atrativo turístico.
O Centro de Convenções será transformado na “Casa de Michael” – Neverland – cada detalhe está sendo preparado para aproximar os fãs do Rei do Pop. No primeiro dia o custo da entrada será um quilo de alimento não perecível, nos demais dias o valor será de R$15 mais um quilo de alimento. Ainda não foi definido o preço das áreas Vips e camarotes.

Fonte: Click Foz

Entre todas as homenagens nenhuma até hoje teve a participação da família Jackson, além do grande tributo mundial, Foz do Iguaçu receberá a primeira fundação Michael Jackson do Brasil

O mega evento em tributo ao Rei do Pop Michael Jackson é o foco de 2011 do Iguassu Music Festival, que traz para Foz do Iguaçu um dos mais conceituados projetos musicais do mundo. O evento envolve quatro dias de shows agora fevereiro, no Centro de Convenções da cidade. São astros da música internacional e nacional que cantarão, junto ao cover de Michael, músicas em sua memória. A família do Rei do Pop abraçou o projeto e já confirmou presença no evento. O tributo terá outras edições; Japão, São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, e o primeiro do mundo em estrutura e apresentação começa na Terra das Cataratas.

O projeto ainda envolve atividades como workshops, palestras, exposições de materiais exclusivos do Rei do Pop, parque de diversão, além de uma super estrutura de palco projetado, exclusivamente, para a turnê de tributo a memória do ídolo. Os workshops contarão com a presença do coreógrafo do “This is It”, Travis Payne. As palestras serão ministradas pelo advogado da família Jackson, Brian Oxman, que chega a Foz do Iguaçu com uma semana de antecedência do evento. “Os fãs de Michael Jackson vão poder se sentir mais perto do ídolo, com uma coleção de artigos exclusivos expostos no evento”,declarou o representante da família Jackson, aqui no Brasil, Rosimiro Amâncio, que já se encontra na cidade desde janeiro. Amâncio explica que Brian ainda realizará palestras em algumas faculdades de direito aqui da cidade.

Além da família de Michael Jackson vários astros da música internacional e nacional já confirmaram presença; Ex.Snap, Raye Anita, Latoya Jackson, Olodum, Marina Elali, BEBE – famosa cantora japonesa. Entre os artistas estarão ainda atores, celebridades, apresentadores e dançarinos conceituados da TV brasileira, japonesa e do mundo fashion.

Durante o evento será lançado o livro de fotografias da mãe de Michael, Katharine Jackson, “Never Can Say Goodbye”, ainda inédito no Brasil. Leonard Rowe autor do livro “O que realmente aconteceu a Michael Jackson” também confirmou presença. Rowe foi um dos amigos mais próximo do astro, e também dirigiu várias turnês do ídolo e hoje levanta a polêmica sobre a morte do cantor. Rosimiro Amâncio, além de representar a família Jackson, também tem a representação do livro de Rowe, que recentemente foi lançado no Brasil.

Entre os grandes patrocinadores do evento está a TV japonesa que terá exclusividade de transmissão internacional para o Japão. E via internet o público poderá acompanhar toda a trajetória dos quatro dias de show pelo endereço eletrônico www.tudove.com.br.

Foz do Iguaçu foi escolhida por suas belezas naturais. Seu idealizador é o produtor de eventos Alcyr Costa Almeida, que já morou na cidade. “Há mais de um ano que o projeto está pronto. Foram várias batalhas para chegar até aqui. Acreditei e fui atrás das pessoas certas” explicou Almeida.

Outro grande parceiro do evento é a Prefeitura Municipal, que aposta na proposta para promover o setor turístico de Foz do Iguaçu, que foi aceita pela exuberância do cenário das Cataratas. “Michael Jackson sempre foi preocupado com o meio ambiente, essa foi uma de suas lutas repassadas através das músicas” explicou o representante da família Jackson Rosimiro Amâncio.

Além de receber o primeiro grande tributo mundial ao Rei do Pop, Foz do Iguaçu ainda será a primeira cidade brasileira a receber uma Fundação da família Jackson. “A estrutura já vem sendo preparada, esse é o maior presente para cidade” declarou Almeida. Ele ainda explicou que até o evento a sede não estará pronta, “falta organizar a estrutura física e algumas burocracias legais, mas o importante é que ela será implantada aqui”, finalizou Almeida.

Serão quatro dias de evento, sendo que o primeiro dia a entrada será um quilo de alimento não perecível. Nos outros dias a entrada terá um valor de R$ 15 por pessoa mais um quilo de alimento. Haverá, também, área vip e camarotes que terão valores a parte, além de um quilo de alimento.

O Centro de Convenções será transformado em uma NEVERLAND – A terra encantada de Michael Jackson. Em quatro dias de show o público terá acesso aos grandes sucessos do ídolo, em um repertório variado e produção diferenciada para cada dia. A estimativa de público é de 150 mil pessoas para os quatro dias de evento.

Fonte: odiario.com