Arquivos

Participem da comunidade no orkut – “Michael Jackson Is Still Alive” !! ^.~


Oiiie Pessoal !!  

Esse convite é para quem é fã de Michael Jackson e está interessado em debater sobre o assunto: ” Julgamento de Conrad Murray ” 


Não deixem de participar !!  Entrem na comunidade e participem … Muitos fãs esperam para debater o assunto. 



             ::: Serão todos bem vindos ::: 


:::  Não deixem de participar, pois será muito bom podermos conversar sobre o assunto :::
▌║││██║▌│█▌│▌║││██║▌│▌║││██║▌│█▌│▌║││██║▌│█

Desde já, muito obrigada a todos … Espero ver vocês lá !! 

Beeiijjussss’z … 

Anúncios

::: Julgamento de Dr. Conrad Murray & comunicado !! :::


:::  Para saber sobre o julgamento do médico Conrad Murray, acesse:  http://91312815mj.wordpress.com/  :::

 

  Peço desculpas a falta de postagens e a falta de atenção ao Blog !!  Por motivos pessoais, raramente apareço aqui, mas sempre estarei passando aqui para ver o que esta rolando …  ‘ 

Agradeço de coração a quem visita e participa do Site, quero que saibam que fico muuito FELIZ por ver que o blog não esta abandonado, e que sim, esta cheio de gente que tem amor e dedicação ao nosso REI ” Michael Jackson ” … 

Temos muito o que ver  ainda, temos muitas pistas para descobrir, temos muitas dúvidas que vamos ter que tentar achar as respostas, temos muuita coisa pela frente ainda  !!  :::   beLIEve   :::

 

Mil beijos a todos &  mais uma vez ,  obrigada pela atenção e colaboração de todos …  

 

Médico de Michael Jackson não fará acordo para evitar prisão


Dr. Conrad Murray é julgado pela morte de Michael Jackson. Foto: AP

Conrad Murray é acusado de homicídio culposo por ser responsável pela medicação do astro pop

Fontes ligadas ao médico Conrad Murray, apontado como principal suspeito na morte de Michael Jackson, contaram ao site TMZ que o doutor não aceitará nenhum acordo com a justiça de Los Angeles, nos Estados Unidos, que apura o homicídio do astro pop. Michael morreu em 25 de junho de 2009, vítima de uma overdose de medicamentos e uma intoxicação com o anestésico propofol.

O médico sente-se tão seguro sobre sua inocência, que até mesmo um acordo que não o leve à prisão está fora de cogitação. A questão, segundo o site, é que ele não deveria estar tão confiante porque nenhuma barganha foi oferecida, e de acordo com fontes, nenhuma proposta será feita.

A seu favor, a defesa de Murray diz ter um álibi acerca do fato de que havia apenas duas pessoas no quarto no momento da morte de Michael Jackson, e o médico insiste que não administrou a dose fatal de propofol.

A teoria dos advogados de defesa é que, quando Conrad saiu do quarto para ir ao banheiro (outras teses dizem que ele se ausentou para atender uma ligação), Michael acordou frustrado com o fato de suas dores não terem passado e ele próprio aplicou a dose fatal em um momento de desespero para conseguir dormir.

 

__Fonte:Terra __

Procuradores pedem novo adiamento do julgamento do médico de Jackson


Os procuradores que apontam o médico Conrad Murray como o responsável pela morte de Michael Jackson pediram ao Tribunal de Los Angeles um novo adiamento do julgamento, de modo a prepararem a sua argumentação no caso, segundo a CNN.

David Walgren, procurador do distrito, pediu um adiamento de três semanas do julgamento, que tem a selecção dos jurados marcada para 8 de Setembro, e que já esteve marcado para o mês de Março, tendo sofrido vários adiamentos. A defesa não se opôs.

Recorde-se que o médico de Michael Jackon é acusado de lhe ter ministrado uma dose elevada de medicamentos, entre os quais propofol, um anestésico hospitalar potente, que terá resultado na morte do rei da Pop. Conrad Murray arrisca uma pena até quatro anos de prisão por homicídio involuntário.

Este sábado faz precisamente dois anos desde a morte de Michael Jackson

 

   Fonte: A Bola .pt

Stripper afirma o Dr. Murray Wanted sono Como MJ morreu


A stripper que recebeu um telefonema do Dr. Conrad Murray , poucas horas antes de Michael Jackson morreu disse aos detetives da LAPD doc “soava cansada e ele era como eu vou dormir um pouco que seja.”

0207_conrad_mj_Getty_TMZ_EX_02

A stripper, Michelle Bella, conheci o Dr. Murray no Spearmint Rhino cavalheiro o clube em Las Vegas em 2008. A história de como eles se conheceram é hilário, mas primeiro as coisas importantes.

 Bella disse aos detetives … em 25 de junho de 2009, o Dr. Murray deixou uma mensagem em seu telefone em cerca de 8h30. Segundo fontes com conhecimento direto do caso … Bella disse aos policiais Murray tinha mencionado Michael Jackson com ela antes e disse: “Eu quero dizer o seu programa era, obviamente, você sabe – eu sei que ele era como se todas as horas por causa de seu trabalho assim, quando – então, quando ele chamou, você sabe , ele parecia cansado e era como eu vou dormir um pouco que seja. “

 A entrevista é significativo – TMZ divulgou uma matéria em 27 de julho de 2009 que “As autoridades acreditam que o Dr. Murray pode realmente ter caído no sono durante o tempo da droga [Propofol] foi administrado e pode ter despertado para encontrar Jackson já morreu de insuficiência cardíaca. “

 Agora a parte divertida. Bella disse aos policiais sobre o momento mágico quando se encontrou com Murray no Spearmint Rhino – “Ele chegou lá com seu uniforme e ele estava lá com como um cliente seu.” Bella, que diz que ela estava estudando para ser assistente de quiropraxia, diz: “Nós estávamos apenas compartilhando um pouco de conhecimento, você sabe, como médica e isto e aquilo e sei que ele ficou intrigado comigo.”

 Murray deve ter sido intensamente impressionado com seus conhecimentos médicos. Segundo a transcrição, Bella diz que ela “sentou-se com ele por cerca de cerca de uma hora e meia e ele me pagou US $ 1.000.”

Fonte: TMZ

Defesa quer excluir de julgamento fotos da autópsia de Jackson


************************

 

Fotos chocantes da autópsia de Michael Jackson não devem ser exibidas ao júri no julgamento de homicídio culposo do médico do cantor, argumentaram advogados de defesa.

Mostrar as fotos da autópsia do cantor de “Thriller” coloca em risco o julgamento do médico Conrad Murray em maio, dizem eles. Murray é acusado de causar acidentalmente a morte de Jackson em junho de 2009 ao lhe administrar o poderoso anestésico propofol como indutor de sono, assim com outros sedativos.

“Estas fotos são explícitas, repugnantes e altamente prejudiciais”, escreveram os defensores de Murray nos autos do julgamento, divulgados na quinta-feira.

O médico do cantor Michael Jackson, Conrad Murray, chega a corte de Los Angeles em fevereiro passado

Eles argumentam que “a apresentação dessas fotos aos jurados irá ameaçar o direito do dr. Murray a um julgamento justo por causa do risco significativo de que o júri baseie sua decisão não na prova exibida, mas no componente emocional, que não deve fazer parte de uma ação criminal.”

Murray se declarou inocente de homicídio culposo. Os argumentos de abertura no julgamento estão marcados para 9 de maio. O juiz da Suprema Corte de Los Angeles Michael Pastor deve decidir até o fim do mês se acata o pedido da defesa.

Jackson, morto aos 50 anos, escolheu Murray como seu médico pessoal enquanto ensaiava para uma série de shows em Londres que marcariam seu retorno aos palcos.

Os advogados de Murray também querem que referências a idas de seu cliente a clubes de strip tease, onde conheceu pelo menos uma mulher com quem se envolveu, sejam excluídas das provas.

Ed Chernoff e Nareg Gourjian argumentam que “não há absolutamente nenhuma relevância em toda essa informação sexualmente escandalosa”.

A seleção do júri para o julgamento se desenrola há mais de duas semanas.

Um questionário de 29 páginas, divulgado publicamente na quinta-feira, indaga se os jurados em potencial são fãs de Jackson ou de sua família, se conhecem alguém viciado em remédios com receita médica, se acham que celebridades recebem tratamento diferenciado no sistema de justiça e se estão familiarizados com o anestésico propofol ou outros medicamentos.

Os advogados de Murray deram a entender em outras audiências que Jackson se tornou dependente de propofol, e planejam argumentar no julgamento que o cantor administrou a dose fatal em si mesmo.

Murray pode receber uma pena de quatro anos de prisão se for julgado culpado.

 

Fonte: “Folha”

Dr. Conrad Murray poderá ir a julgamento somente em 2012 !?


É pouco provável que o Dr. Conrad Murray enfrente um julgamento sobre a morte de Michael Jackson antes de dois anos, divulga o News of the World.
Grandes atrasos na preparação do processo contra Conrad Murray significa que ele provavelmente não vai a júri, até 2012.


Seu advogado Ed Chernoff está furioso “muitas páginas” dos documentos recolhidos pela polícia de Los Angeles não foram entregues à defesa, apesar de que Murray foi acusado em fevereiro de homicídio involuntário.

O processo pode ter problemas com a escolha de um júri. Chernoff teme que seu cliente não terá um julgamento justo em Los Angeles, onde o astro é considerado como um ícone.
“Encontrar as pessoas, sem uma visão de Jackson não vai ser fácil”, disse um perito legal.
Murray, 57, está próximo de sua audiência no tribunal em 14 de junho, mas seu advogado disse que vai adiar a audiência para setembro.

Ontem à noite o porta-voz de Murray disse: “Nós estamos pensando em marcar o julgamento para o começo de setembro, dia 02. Temos uma enorme carga – 3.500 páginas de provas para rever. E temos testemunhas para falar em todo o mundo que tiveram contato com Jackson nos últimos anos.

Para defender adequadamente Conrad precisamos de um tempo para obter todas as nossas provas juntas.”
O promotor disse que havia uma possibilidade do “bom” julgamento não começar por “um ou dois anos”.
Murray, cardiologista, acabou de ser dada permissão para continuar sua prática médica, mas sem usar anestesia, para ajudar a pagar as contas judiciais.

Ele está a ponderar sobre processar a AEG, que não lhe pagou £ 180,000 referente ao seu atendimento de seis semanas com o astro, antes de sua morte em junho passado.
Nós revelamos que os advogados de defesa de Murray vão tentar pôr em causa afirmando que Jackson tomou as drogas que o levaram ao ataque cardíaco.
Chernoff está alinhando aos médicos especialistas, na esperança de provar que Jacksonauto-administrava drogas,Murray mentiu sobre o seu consumo e exigiu níveis perigosos de medicamentos.


Fonte: News of the World